Grito dos Excluídos deste ano critica desigualdade e privilégios das elites

Escrito por Assessoria de Comunicação/Sindisan Publicado .

GRITO 2018Neste 7 de setembro, quando se comemoram 196 anos de independência política - mas não social - do Brasil, igreja,  movimentos sindical e social e a juventude estarão nas ruas de Aracaju, durante o desfile cívico, que acontece tradicionalmente na Avenida Barão de Maruim, levando a mensagem do Grito dos Excluídos, que este ano abordará o tema "Vida em primeiro lugar! Desigualdade gera violência. Basta de privilégios!".

A concentração do Grito será na Praça Olímpio Campos, a partir das 8 horas. De lá, seguirá em marcha até a Avenida Barão de Maruim, onde aguardará a entrada da última escola a desfilar para então entrar.

A proposta da manifestação surgiu no Brasil no ano de 1994 e o 1º Grito dos Excluídos foi realizado em setembro de 1995.

O Grito é uma manifestação popular carregada de simbolismo, sendo um espaço de animação e protestos pacíficos, sempre aberto e plural a pessoas, grupos, entidades, igrejas e movimentos sociais comprometidos com as causas dos excluídos.

Funcionamento

Segunda à sexta, das 07:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00.

Contatos

Tel.: (79) 3214-3650

sindisan.se@gmail.com

Endereço

Rua Marechal Deodoro, 1012 - Bairro Getúlio Vargas, Aracaju - SE. CEP: 49055-400